quinta-feira, 8 de março de 2012

Você Mulher !




Enaltecer a mulher seria apenas querer consolidar o que já é óbvio, pois o Pai celestial e a própria e sábia natureza encarregaram-se de lapidar a jóia preciosa ou a flor de natureza tão sublime e perfume tão nobre e contagiante, a sua concepção já foi de forma privilegiada, falar da mulher é fácil, basta saber de todas as virtudes existentes e já se descreve a sua forma divina entre nós, ela tem a convicção e a força que irradia de seu caráter, a intuição para as decisões nos momentos certos, a infinita paz que transmite através de seu olhar, a inesgotável fonte de luz que emana de seu espírito perene, e o amor que o seu coração transborda para contagiar as pessoas carentes de entendimento e do verdadeiro significado da evolução psíquica e espiritual.
Falar da menina meiga, inocente, pura mas que carrega como característica marcante a vitalidade que é possuidora, a energia que transcende as próprias necessidades do ser humano, falar da mulher é fácil, pois é o ser supremo da divina criação que maravilhosamente perpetua a espécie e gera dentro de si uma outra vida, esta é a obra mágica do criador, que foi concebida a tão doce criatura, e quando esta vida se desprende de seu próprio corpo é a razão maior da própria existência, é o momento da própria independência de vida, mas também gerando a necessidade de laços eternos e do amor materno.
A mulher que concebe e a mulher que concede, mesmo que a concessão seja em benefício de outros, pois ela não mede esforços para que haja uma reciprocidade de sentimentos, é possuidora de sensibilidade apurada para discernir com a razão e perdoar com o coração, falar da mulher é fácil, pois é sinônimo de amante terna, carinhosa e sensível, pois o seu amor é destituído de falsos egoísmos, é um amor real, um querer verdadeiro, um gostar com emoção e ação, não é um mero ímpeto momentâneo da mente, é amor puro que emana do coração portanto é eterno, e tudo que se faz em benefício de alguém sem interesses próprios é abençoado e superior.
Falar da mulher é fácil, pois ela é emotiva e verdadeira na exteriorização de seus sentimentos, é sabedora que a tristeza e a alegria provém da mesma fonte e sabe que o sorriso e a felicidade abrem portas em que a melancolia e o desamor não podem entrar, fazendo com que a alegria, o astral elevado, o raciocínio, o bom relacionamento, o companheirismo, a cumplicidade e as concessões sejam peças fundamentais da árvore da vida e do verdadeiro relacionamento.
Porém se lágrimas houverem, com certeza as transformará em gotas de luz para que possam guiar as boas realizações e os que tiverem a sede e a necessidade de caminhar guiados pelo amor,
Falar da mulher é fácil, a sua clarividência é inegável, principalmente quando se trata dos frutos gerados em seu ventre, a sintonia e os laços são perfeitos, constantes e eternos. Porém a mulher atinge a plenitude de seu amor, na verdadeira concepção da palavra junto as suas aspirações e as necessidades de realização quando ocorre a unijunção ao homem, completando-se assim o ciclo da vida matéria, espiritual e portanto eterna.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe o seu comentario e volte sempre que quiser ! A sua opinião é livre mas não aceito insultos às minhas postagens e fotos, e se eu escrever errado ou pegar informações com direitos autorais aviise de forma respeitável.
Obrigada !

Em cada sorriso...

Postagens populares