sábado, 2 de julho de 2011

Castigo




Me entrega teu coração
Já que o meu vive de paixão desde o dia em que te viu,
Mas se já sofri tal castigo
De te sentir longe dos meus olhos nem que por uma única vez,
Por te amar loucamente,
Peço,
Guarda o meu amor contigo.
Sente minha vida pulsar junto a tua,
Meu único pecado foi te amar mais que a minha própria existência.
Quero declamar versos de amor, repletos de rimas de paixão,
Nessas noites em que nossas almas se fundem,
Embaladas pelo vento e pelas estrelas,
Vamos sentir o calor dos nossos corpos,
Vamos nos desejar como se fosse a primeira vez,
Escutemos nossos corações batendo no compasso do amor,
Vamos rir, chorar, nos entregar,
Aos ditos da paixão
Nossas juras eternas,
Invadem nossos corações,
Corações apaixonados, vidas unificadas pela vontade de amar intensamente.

Roberto Ferrari

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe o seu comentario e volte sempre que quiser ! A sua opinião é livre mas não aceito insultos às minhas postagens e fotos, e se eu escrever errado ou pegar informações com direitos autorais aviise de forma respeitável.
Obrigada !

Em cada sorriso...

Postagens populares