terça-feira, 16 de agosto de 2011

PERGUNTAS SEM RESPOSTAS



Tenho perguntas que não sei responder
Tenho estados que não sei entender
Tenho fraquezas e sentimentos
...que por vezes me elevam e me arrebatam
e quando tombam, podres
me deixam à beira da exaustão
de tanta tristeza que me causam
Tenho tanta coisa que não sei explicar
que não consigo entender
Será que sou assim tão diferente?
que no meio da vulgaridade
tenho algo de especial?
ou sou tão linear, tão transparente
como um vidro, um cristal
que um dia alguém resolveu
colocar num pedestal
tornando minha queda inevitável
por ser insustentável
viver assim tão disforme
distante da realidade
porque eu sou humana, sou terrena
fraca e sensível em demasia
Não sei fazer pela metade
Parece quase uma ironia
Mas se me pedirem ajuda
Forneço-a sem hesitar
dentro da minha capacidade
se me pedirem um ombro
apenas para descarregar
alguma infelicidade
eu empresto
quase me desmembro
só pra ver alguém feliz
por isso eu não me entendo
porque sou assim tão complicada
porque torno complexo o simples
porque tenho de ter explicação para tudo
sou demasiadamente racional
e na vã tentativa de querer ser tudo
acabo não ser nada
e é no papel que eu descarrego
todas as emoções que me afloram
Insolentes
Pertinentes
e é na ponta da minha caneta
tarde da noite, quando tudo já dorme
que os meus sonhos tomam forma
mesmo sem sentido, disforme
Mesmo que não passem disso mesmo
Mesmo que eu os adormeça
e os ponha numa gaveta
Ficam lá à minha espera
Esperando que um dia alguém me tire
do pedestal aonde me colocaram
e me deixem ser assim simples, directa
me deixem ser afinal
aquilo para que tenho alguma utilidade
ser apenas uma mulher numa alma de poeta
ser dentro do vulgar, banal
Ser tudo e não ser nada
Ter perguntas pra as quais não tenho
qualquer resposta....

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe o seu comentario e volte sempre que quiser ! A sua opinião é livre mas não aceito insultos às minhas postagens e fotos, e se eu escrever errado ou pegar informações com direitos autorais aviise de forma respeitável.
Obrigada !

Em cada sorriso...

Postagens populares